QUEM SOMOS E O QUE FAZEMOS

A Kula se dedica a fazer a aproximação entre pessoas e instituições através de elementos que demonstrem uma melhor conexão de objetivos práticos e características culturais de ambos. É o que chamamos de “match cultural” entre a pessoa candidata e uma instituição que procura alguém para desempenhar uma determinada função em seu time.

Cada pessoa apresenta um conjunto de habilidades práticas, como sua educação e experiência profissional (“hard skills”), mas também um conjunto único de habilidades psíquicas e sociais (“soft skills”) e objetivos e crenças que são tão ou mais importantes para considerar na hora de formar ou compor um time de sucesso.

Observamos cuidadosamente como são realizados os processos seletivos com o objetivo de melhorar não só esses processos em si, mas a efetividade deles. Assim, a Kula nasceu para unir tecnologia e uma extensa base de pesquisas acadêmicas das ciências humanas para trazer o componente cultural para a aproximação entre as pessoas e as instituições. Além de cuidarmos do processo seletivo, também trabalhamos com o monitoramento contínuo da identidade cultural entre os componentes do time e a instituição da qual fazem parte.

Como funciona?

E como fazemos isso?
Nossa plataforma foi construída com três grandes grupos de ferramentas:

- O Mali é o responsável pela interação com você. É nas conversas que você terá com o Mali que poderemos colher as informações sobre sua personalidade, comportamento, objetivos, habilidades para formar o seu perfil para além do que o seu currículo conta. O Mali é o que chamamos de bot, ou seja, um robô, programado para conversar com você e permitir essa sintonia fina necessária para possibilitarmos o match cultural que te proporcionará encontrar e ser encontrado para uma vaga que de fato tenha a ver com você.

- Ciências Humanas, pesquisas e testes: Para que o Mali possa saber o que te perguntar, nós fomos atrás das informações necessárias para permitir o match cultural: buscamos referências científicas nas ciências humanas e gerenciais, como psicologia, antropologia, teorias modernas sobre o que nos motiva, analisamos os testes amplamente utilizados nos processos seletivos, e desenvolvemos a metodologia da Kula. E ela estará em evolução constante, porque ela aprenderá com você também, principalmente.

- Inteligência artificial: Afinal de contas, o que é isso? É a ferramenta que permite combinar as informações que o Mali obteve conversando com você e a base de conhecimento utilizada para formar a metodologia da Kula: isso permitirá o match cultural entre a pessoa candidata e a instituição que busca alguém para compor o seu time. A inteligência artificial permite a combinação de uma base de dados imensa em poucos segundos. Quanto mais dados e parâmetros informados, mais apurados são os resultados que essa ferramenta pode oferecer. Por isso, nossa ferramenta estará sempre em constante evolução.

Essas ferramentas foram unidas para permitir o match cultural entre pessoas e instituições, e funcionam observando os propósitos do manifesto da Kula: cada pessoa apresenta um conjunto único de habilidades (hard e soft skills), necessário para um determinado time. Porém, todas as pessoas são igualmente capazes de se desenvolverem e de atingirem objetivos pessoais e conjuntos, e essa igualdade em capacidade deve ser observada. A tecnologia que nos permite melhorar nossa cooperação entre nós também nos dará referência por meio de dados e resultados para verificar na prática o que milhares de estudos comprovam: a efetividade e eficiência de times diversos é incontestável. Na Kula, a diversidade faz parte do nosso DNA: seu perfil único é mais que bem-vindo, ele é necessário! Seja muito bem-vindo(a)!